natal nacional

Natal 2001

natal reciclável 2001 - conjunto nacional

O primeiro ano no conceituado espaço, foi também o mais desafiante. O cliente pedira uma instalação com linguagem brasileira, fora dos convencionais símbolos europeus ou norte-americanos. Inspirado nas festas de reis e nos presépios mineiros, em que homens ostentando mini-igrejas na cabeça tocam pífanos e consagram o Natal, Silvio desenvolveu figuras gigantescas e imponentes, ocupando as galerias, as rampas e o terraço do edifício. Para decorar a fachada, Silvio Galvão concebeu 60 figuras de anjos, cada qual carregando um estandarte com a figura de um santo padroeiro do Brasil. Ao todo, foram feitos três moldes a partir de crianças reais, os quais deram origem às 60 réplicas. Na galeria, a Família Sagrada foi representada em ouro, como no barroco, rodeada de três ostentosos Reis Magos com cinco metros de altura. Os mantos, nas cores azul, verde e vermelha, apresentavam incontáveis detalhes e enfeites, confeccionados a partir de materiais recicláveis.